Bianca Andrade

Home    Blog

O marketing na área da saúde está em constante evolução, impulsionado por avanços tecnológicos, mudanças no comportamento dos pacientes e legislações de proteção à confidencialidade das informações de saúde. Por isso, é fundamental que profissionais de saúde estejam cientes das últimas tendências para atrair novos pacientes, fortalecer relacionamentos existentes, manter a relevância, estabelecer confiança e aumentar a receita.

Aqui estão alguns pontos cruciais que não podem faltar no seu website em 2024.

Não é mais suficiente ter apenas um website; é necessário adaptá-lo com recursos que facilitem a comunicação direta entre pacientes e prestadores de saúde, como:

1. Foco na experiência do utilizador no Website:

  • Um site responsivo, adaptado a diferentes dispositivos, como dispositivos móveis e desktops, que seja bem estruturado e atraente, transmitindo efetivamente a sua mensagem da marca.
  • Comunicação bidirecional, como o uso de chats online, e-mails dedicados, agendamento de consultas online e portais seguros de informações para pacientes.
  • Informações relevantes, com respostas para as principais dúvidas diretamente no site, facilitando a comunicação e promovendo uma maior interação com o paciente.

2. Conteúdos de Saúde e Bem-Estar:

  • Um blog com atualizações frequentes que ajude a responder às principais dúvidas, fornecendo orientação e informações aos pacientes.
  • Materiais de apoio, como e-books, guias e outros, com conteúdos envolventes que fortalecem a fidelidade do paciente, representando ótimas oportunidades de primeiro contacto com a sua marca.
  • Atualizações regulares de informações relevantes, como campanhas direcionadas e eventos especiais.

3. Interação e Integração são a chave do Sucesso:

  • Oferecer recursos interativos, como virtual tour, imagens e vídeos do ambiente, explicando o funcionamento dos serviços, etc.
  • Desenvolver uma narrativa coerente no website para orientar o utilizador durante a navegação, com objetivos claros em cada página.
  • Integração com os principais canais digitais, como redes sociais, comunidades e newsletters.
  • Destaque para depoimentos e avaliações de pacientes, com permissão para a partilha.

4. Estratégia de SEO:

  • O mecanismo de busca continua a ser uma ferramenta essencial para quem procura serviços de saúde. Trabalhar o SEO no seu site é crucial para ser encontrado no momento da necessidade do paciente durante pesquisas online.
  • Focar em palavras-chave centradas no paciente e em pesquisa local, utilizando ferramentas como o Google Trends para compreender as principais pesquisas na região.
  • Rever e otimizar as informações no sítio web para melhorar o desempenho das páginas e estratégias de SEO.

    Se precisar de ajuda para desenvolver ou aprimorar o seu website, tenho uma equipa incrível no etc.hub, pronta para destacar os seus serviços.